Tela inicial
Os vinhos da Condessa
Garcia & Rodrigues, em 27/08/2008
Eventos correlatos
  • Itália
  • Argentina
  • Vinci
  • Garcia & Rodrigues

  • A Condessa Bronzeada


    Foi espetacular! Quando eu digo que o mundo dos vinhos só me traz alegrias... Desta vez, tive a oportunidade de almoçar com a Condessa Noemi Marone Cinzano durante a apresentação dos vinhos da Bodega Noemia, da Patagônia, e da Cantina Argiano, da Toscana, ambas de sua propriedade.

    Claro que almoçar com a nobreza, não é todos os dias, e eu enchia a boca contando a proeza aos amigos. Ainda mais porque o evento, oferecido pela Importadora Vinci era no Restaurante Garcia & Rodrigues, no Leblon, com a comida maravilhosa do chef Christophe Lidy.

    Mas, fora a emoção de almoçar em tão nobre companhia, o que mais me impressionou foram os vinhos apresentados pelo dublê de enólogo e marido da Condessa, o simpático e prá lá de competente Hans Vinding-Diers. Foram 6 os rótulos degustados e 5 deles me deixaram de queixo caído.

    Vejam bem, não é que eu não tenha gostado do primeiro vinho, o A Lisa, das Bodegas Noemia, uma homenagem de Hans a sua avó Lisa, mas diante da excelência dos outros 5, o pobre do vinho tomou Doril...

    O segundo vinho, o Non Confunditur 2005 foi apresentado pela Condessa como um vinho para o dia-a-dia. Eu achei que deveria ter havido troca de garrafas, pois o vinho era fantástico, com muita fruta no nariz, excelente acidez, macio e elegante, com toques de canela e ameixa na boca. Se o meu dia-a-dia fosse assim, eu estaria com a vida ganha... Foi harmonizado à perfeição com a entrada de cogumelos!

    O primeiro prato, o raviole, veio acompanhado de dois vinhos: o J.Alberto 2006, da Patagônia, um vinho de pequena produção (10.000 garrafas) que repousa em 30% de carvalho novo e 70% de carvalho de segundo uso. Frutas negras e café no nariz, com a madeira perfeitamente integrada à fruta, um vinho com muita estrutura e persistência. O outro vinho era o Solengo 2004, com aromas de ameixas secas e bolo de Natal, muito aveludado e com fantástico equilíbrio entre potência e elegância. Eu não conseguia decidir qual dos dois era melhor, ora preferia um, ora preferia outro... Mas ao final, optei pelo J. Alberto que, para minha felicidade, custava menos da metade do que o Solengo.

    E finalmente, o segundo prato, a suculenta rabada com polenta branca não poderia ter encontrado melhor companhia do que as duas obras-primas do Hans. O Argiano Brunello di Montalcino 2003 era fora-de-série! Com deslumbrantes aromas de figos, passas, baunilha, era muito encorpado, muito aveludado e refinado, com uma persistência que, felizmente, não terminava nunca. Com certeza, um dos melhores Brunellos que já bebi.

    E, brigando com o Brunello pelo título de melhor do almoço, o Suolo 2005, com aromas florais e de frutas bem maduras, café e chocolate, com taninos sedosos e longo final, é um vinho poderoso e requintado ao mesmo tempo. Gostei ainda mais dele do que do Brunello, mas dessa vez me dei mal, pois o Brunello custa menos da metade do que o Suolo!

    Bem, faltou dizer o seguinte: a Condessa é bronzeada porque morou 7 anos no Rio de Janeiro, até 1983, e aprendeu a gostar de sol, coisa que ela não dispensa até hoje! É quase uma Condessa de Ipanema!

    Oscar Daudt
    Os vinhos


    A Squadra Azzurra

    Dois vinhos da Bodega Noemia, da Patagônia, e quatro da Cantina Argiano, da Toscana.

    Todos com aquela elegância que só a nobreza pode imprimir!
    A Lisa 2006
    Produtor: Bodegas Noemia
    Região: Patagônia - Argentina
    Castas: 90% Malbec, 10% Merlot
    Álcool: 14,3%
    Preço: 49,90 dólares
    Non Confunditur 2005
    Produtor: Argiano
    Região: Toscana - Itália
    Castas: 40% Cabernet Sauvignon, 20% Merlot, 20% Syrah, 20% Sangiovese
    Álcool: 14%
    Preço: 55,25 dólares
    J. Alberto 2006
    Produtor: Bodegas Noemia
    Região: Patagônia - Argentina
    Castas: 95% Malbec, 5% Merlot
    Álcool: 14,3%
    Preço: 72,50 dólares
    Solengo 2004
    Produtor: Argiano
    Região: Toscana - Itália
    Castas: 45% Cabernet Sauvignon, 30% Merlot, 25% Syrah
    Álcool: 14%
    Preço: 189,90 dólares
    Brunello di Montalcino 2003
    Produtor: Argiano
    Região: Toscana - Itália
    Castas: 100% Sangiovese
    Álcool: 14%
    Preço: 147,25 dólares
    Suolo 2005
    Produtor: Argiano
    Região: Toscana - Itália
    Castas: 100% Sangiovese
    Álcool: 14%
    Preço: 299,90 dólares
    A Condessa e o Enólogo
    Noemi Marone Cinzano e Reinaldo Paes Barreto, do Jornal do Brasil Hans Vinding-Diers, enólogo, com o Professor Célio Alzer
    Noemi A condessa e Marcos Prado Troyjo, do Jornal do Brasil Lilian Seldin, representante da Vinci, com Hans e Noemi
    Noemi fotografando tudo A Condessa e eu
    O almoço harmonizado
    Os canapés Poëlée de Shitake com ovo poché
    Raviole e confit de pato com lentilhas francesas Gateau de rabada com polenta branca cremosa
    Tiramissú de peras Petit-fours O chef Christophe Lidy foi aplaudido em cena aberta
    Os convidados
    Maia Carrière, da Vinci, e Euclides Penedo Borges, presidente da ABS A jornalista Danusia Barbara e Lilian Luciana Plaas e Marcos
    Lilian e Reinaldo Mais mãos eu tivesse, mais taças eu beberia... O impecável serviço foi conduzido pelo sommelier João Pedro
    Eu não participei da produção dessa foto insólita. Apenas obedeci...

    O objetivo dos enófilos mascarados era o de instituir um prêmio aos leitores do EnoEventos: quem acertasse a identidade dos incógnitos, ganharia convites para uma degustação.

    É claro que prêmio terá de ser revisto! Quem não acertar a identidade, é que vai ganhar...

    Vocês podem até pensar: essa foto foi clicada ao final do evento. Qual o quê! Nem essa desculpa há, a foto foi feita ainda na água mineral!
    Antes do almoço, tivemos um coquetel na adega do Garcia & Rodrigues
    Marcos Maia Lilian e Christophe
    As fotos de Carla Bruni
    Só o Reinaldo mesmo para aprontar essa.

    No decorrer do almoço, ele sacou de seu Blackberry, recheado de fotos da primeira-dama francesa - vestida como veio ao mundo, e passou a exibí-las aos comensais.

    Por alguns instantes, os vinhos foram esquecidos...
    Reinaldo exibindo as fotos para uma horrorizada condessa! Célio garantiu que seu interesse nas fotos era apenas científico.
    Colaboração da ABS-Brasília
    De meu amigo Fabio Paceli Anselmo, Diretor de Divulgação da ABS de Brasília, recebi essas duas fotos da viagem que aquela instituição realizou, ano passado, pela Itália. Eles foram brindados com uma degustação na Argiano, que foi descrita como "uma bela recepção em um lindo lugar". Para quem não conhece, o Fábio é aquele de camisa preta.
    Comentários
    Luiz M Malzone
    lm.malzone@uol.com.br
    Rio de Janeiro
    RJ
    29/08/2008 Oscar

    Os degustadores mascarados são o Ronaldinho Gaúcho (reconheci pelo cabelo afro) e o Biro Biro (reconheci pelo cabelo avermelhado). Cadê meu prêmio?

    Abraços
    Malzone

    hehehehe...

    Oscar
    Tatiana Correa
    Rio de Janeiro
    RJ
    29/08/2008 Oscar, tu estás cada vez mais chique. Depois da degustação de cinco safras do Château Mouton Rotschild, conseguiste o feito de almoçar com a Condessa Noemi Marone Cinzano e conferir os vinhos da Bodega Noemia.
    EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br