Eventos correlatos
  • Chile
  • Vinea Store
  • Le Pré-Catelan

  • Enóloga visionária

    Há um ano atrás, tive a oportunidade de conhecer a enóloga Maria Luz Marin em um jantar de lançamento de seus vinhos (relembre a reportagem). Naquela ocasião, gostei muito de seus excelentes vinhos, mas de lá prá cá aprendi a apreciar muito melhor um bom vinho branco.

    Maria Luz é a visionária enóloga chilena que, no ano 2000, decidiu investir na produção de vinhos no Valle de San Antonio, a apenas 4km do Oceano Pacífico, em um terroir cujas condições climáticas arrepiariam os cabelos de profissionais mais conservadores.

    Hoje em dia, em apenas poucos anos, os vinhos da Casa Marin são respeitados e premiados internacionalmente, reputados como uma linha premium que consegue refletir as especificidades de uma região que muitos consideravam improvável e que se revelou como a melhor do Chile para a produção de vinhos brancos de alta qualidade.

    Portanto, reencontrar a bela e cultuada enóloga chilena e, principalmente, recordar alguns de seus vinhos e conhecer outros tantos foi uma experiência de iluminar o espírito e os sentidos! E foi exatamente essa a oportunidade que o convite da Importadora Vinea Store para um almoço no maravilhoso restaurante do Chef Rolland Villard, Le Pré-Catelan, me ofereceu. Foi bom demais!

    Fomos recepcionados pelo Cartagena Sauvignon Blanc 2005, com aromas de chocolate branco (não sei de onde tirei isso, mas que tinha, tinha...) e frutas tropicais, com muita mineralidade e refrescância.

    Para acompanhar o tartare de peixe, o segundo melhor vinho do almoço: o Casa Marin Laurel Vineyard Sauvignon Blanc 2005, com aromas cítricos, de melão e de mel, com toques de mineralidade, bem encorpado, com bela acidez e um teor alcoólico de 14% que mal se nota. Enorme potencial de evolução! Um gigante!

    Para harmonizar com o suculento filé de vitela, nada como 2 belos vinhos, mas um decididamente superior ao outro: o Cartagena Pinot Noir 2004 e o Casa Marin Litoral Vineyard 2003. Embora o primeiro tenha seus deliciosos aromas, elegância e blá-blá-blá, foi o segundo que me encantou, com seus aromas complexos, opulentos, terrosos, com morango e uma boca elegante e persistente. Simplesmente o melhor do almoço. Nunca pensei que, dos vinhos da Maria Luz, eu poderia gostar mais de um tinto! Mas foi o que aconteceu... E-S-T-U-P-E-N-D-O!

    Com a sobremesa, veio o Casa Marin Casona Vineyard Gewürztraminer 2006, que infelizmente foi detonado por ela. Ano passado, o João Souza, do Terzetto, fez uma muito melhor escolha, com uma sobremesa leve para acompanhar esse vinho sutil. A explosão açucarada do Brioche Bostock foi um sortilégio!

    E quando eu pensei que tudo havia terminado, ainda compareceu o Cartagena Cabernet Sauvignon 2006. Não sei nem dizer como era: passei! Também, já estava com dia ganho!

    Oscar Daudt
    Os vinhos do almoço
    Cartagena Sauvignon Blanc 2005
    Álcool: 14,5%
    Região: Valle de San Antonio
    Preço: 75 reais
    Casa Marin Laurel Vineyard 2005
    Álcool: 14%
    Região: Valle de San Antonio
    Preço: 145 reais
    Cartagena Pinot Noir 2004
    Álcool: 14%
    8 meses em carvalho francês
    Região: Valle de San Antonio
    Preço: 132 reais
    Casa Marin Litoral Vineyard 2003
    Álcool: 14,5%
    12 meses em carvalho francês
    Região: Valle de San Antonio
    Preço: 264 reais
    Casa Marin Casona Vineyard Gewürztraminer 2006
    Álcool: 14%
    Região: Valle de San Antonio
    Preço: 144 reais
    Cartagena Cabernet Sauvignon 2006
    Álcool: 14,5%
    Envelhecimento em carvalho francês
    Região: Valle Central
    Preço: 60 reais
    A enóloga
    Maria Luz Marin Entrevistada pela revista Nova
    A Vinea Store
    Walter Fonseca de Souza, proprietário Ivan Hannickel, diretor comercial Duda Zagari, representante no Rio de Janeiro
    O almoço harmonizado
    Tartare aos dois peixes, salmão e cherne, com salada de tomate e abobrinha Filé de vitela grelhado em crosta de champignons e ossobuco confit com limão Brioche Bostock embebido em calda de amêndoas, sorvete de caramelo, coulis de frutas vermelhas Petit-fours
    Os participantes
    Paulo Gomes, diretor da SBAV Jaque Barroso Rodrigo Moura, sommelier do Salitre Cristina Böller e Dalila Magarian, da revista Nova
    Alexandre Lalas, do Jornal do Brasil Bruno Agostini, colunista do blog Enoteca, do Globo On-line Dionísio Chaves, sommelier do Hotel Fasano Ulimar Amaral, da revista Eatin'Out, e Izabel Alvarez, da agência Inovatum
    Mônica Labecca, da agência Inovatum Duda e Walter Bruno fotografando... O serviço do vinho foi feito pelo sommelier Articlino
    Duda e Izabel A mesa do almoço
    Olhem a vista do restaurante Bruno e Paulo Reparem só como o Duda, representante dedicado, vestiu a camisa da Casa Marin
    Comentários
    Duda Zagari
    Rio de Janeiro
    RJ
    25/09/2008 Oscar!!! Muito bom! Não tinha reparado... Mas sempre visto a camisa da Casa Marin!

    Forte abraço
    Duda
    Cristina Böller
    cbbastos@gmail.com
    25/09/2008 Oscar,

    Também fiquei fã incondicional dos vinhos da Casa Marin.

    Vc está coberto de razão.

    abraços
    Guilherme Lopes Mair
    cambara@gmail.com
    Brasília
    DF
    26/09/2008 Caro Oscar,

    A gente, que está em Brasília, fica com uma baita inveja da frequência com que ocorrem os eventos no Rio.

    Parabéns por mais essa bela cobertura.

    Guilherme
    www.umpaposobrevinhos.com.br
    Eugênio
    esojr@ig.com.br
    Brasília
    DF
    26/09/2008 Oscar

    Ratifico seus comentários já que recebemos a Maria Luz Marin aqui em Brasília ontem, com seus maravilhosos vinhos.

    O Sauvignon Blanc Laurel 2005 foi o que mais me agradou.

    Um abraço.
    EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br