Matérias correlatas
Argentina
Mr. Lam

Segredos de Mendoza

Colleen Clayton é uma americana da Califórnia que há seis anos saiu de Los Angeles e se mudou para a Argentina para trabalhar no comércio de vinhos como representante de vinhos italianos para a América do Sul. Como ficou radicada no coração da indústria vitivinícola de nossos hermanos, é lógico que com seus contatos e amizades, começou a descobrir a produção menos conhecida daquela região, elaborada em vinícolas de garagem, em pequenas quantidades e de consumo interno.

Detentora desse inestimável conhecimento, Colleen - que visita o Brasil com bastante frequência - achou que seria uma boa oportunidade de negócio trazer esses vinhos para o nosso mercado. Em novembro do ano passado, ela apresentou os vinhos da Vinos de los Andes (clique aqui para recordar), para divulgar que estava em busca de um importador. Tudo indica que a estratégia funcionou e a Importadora Aurora, em breve, estará trazendo esses rótulos para o Brasil. (A Importadora Aurora solicitou o esclarecimento de que essa informação não procede. Não há nem nunca houve negociação com essa vinícola.)

E esta semana, continuando com sua pregação, Colleen nos apresentou os rótulos de outra pequena empresa, a Bodega Caelum, de Tupungato, um projeto familiar que conta em sua linha com apenas 4 rótulos. E para ninguém reclamar de falta de vinhos, trouxe embaixo do braço as novas safras da já agora conhecida Vinos de los Andes.

Foi uma festa, em todos os sentidos: bons vinhos, boa comida, o ambiente sofisticado do Mr. Lam, e muita diversão com o contagiante alto astral de Colleen. Com alguns vinhos, o grupo de especialistas presentes se dividiu em multiplas opiniões - como soe acontecer - mas houve algumas unanimidades. O primeiro vinho, por exemplo, o Caelum Rosado 2009, um corte igualitário de Malbec e Cab Sauv, era muito lindo! Com a cor de casca de cebola encantou a todos com seu agradável frescor, delicado nariz floral muito difícil de encontrar em tal corte, e um perfeito equilíbrio. O preço não está ainda definido, mas pelas indicações do importador deve se situar abaixo dos 30. A se confirmar tal faixa de preço, é prá comprar de caixa!

O segundo vinho, o Caelum Chardonnay 2009, sem madeira, me agradou em cheio. Claro, depois dessa ditadura de Chardonnays barricados, encontrar tanta fruta e frescor é um prazer. Mas nem todos demonstraram tanto entusiasmo quanto eu, e houve quem reclamasse do excesso de acidez.

Com a chegada do Caelum Cab Sauv 2009 foi a minha vez de desgostar. Não preciso nem dizer que é um vinho jovem, sem madeira, frutado e tânico. Mas as vozes mais ligadas ao negócio, enxergaram ali uma boa chance comercial. O último vinho da bodega foi o Caelum Malbec 2009, que foi degustado em companhia do seu colega Los Quimiles Malbec 2008, derrotando-o na opinião de todos, sem dó nem piedade.

Oscar Daudt
Os vinhos
Caelum Rosado 2009
Produtor: Bodega Caelum
Castas: 50% Malbec, 50% Cabernet Sauvignon
Álcool: 13,5%
Caelum Chardonnay 2009
Produtor: Bodega Caelum
Castas: 100% Chardonnay
Álcool: 13,9%
Los Quimiles Torrontés 2008
Produtor: Vinos de los Andes
Castas: 100% Torrontés
Álcool: 13,5%
Anecon Bonarda 2008
Produtor: Vinos de los Andes
Castas: 100% Bonarda
Álcool: 13,2%
Caelum Cabernet Sauvignon 2009
Produtor: Bodega Caelum
Castas: 100% Cabernet Sauvignon
Álcool: 14,6%
Caelum Malbec 2009
Produtor: Bodega Caelum
Castas: 100% Malbec
Álcool: 14,4%
Los Quimiles Malbec 2008
Produtor: Vinos de los Andes
Castas: 100% Malbec
Los Quimiles Malbec Reserva 2008
Produtor: Vinos de los Andes
Castas: 100% Malbec
Envelhecimento: 9 meses em carvalho francês e 6 meses em garrafa
Los Quimiles Malbec Premium 2006
Produtor: Vinos de los Andes
Castas: 100% Malbec
Álcool: 14,1%
Envelhecimento: 22 meses em carvalho francês e 9 meses em garrafa
Os drinques da Lucíula
Fomos recebidos com esse belo drinque: espumante, licor de melão e uma lichia; a cor era quase fosforescente e as borbulhas emanavam da fruta. Show de bola! Degustação de drinques Inspirado na cozinha molecular, esse drinque na colher estourava na boca com uma deliciosa dose...
O jantar
A mesa do jantar
Nossa imponente e curiosa mesa era em torno do motor do barco de Eike Batista que foi o vencedor do Campeonato Mundial de Velocidade de 1990. A placa descreve as características do mesmo.
Os participantes
Fábio Massad, da Importadora Aurora Audrey Laniado, secretária-executiva da SBAV
Colleen Clayton e Mr. Lam Alexandre Lalas Paulo Gomes, presidente da SBAV
A crítica de gastronomia Luciana Plaas O consultor Paulo Nicolay Yann Lesaffre, do Mr. Lam Colleen
O serviço
O serviço de vinhos foi comandado pelo sommelier Eder Heck Os surpreendentes drinks foram criação da chef do bar Luciula Martins
Comentários
Flavio Marani
Dentista
Santos
SP
03/03/2010 Mais uma vez parabéns pelo trabalho realizado... Só uma pergunta: Qual o importador da Bodega Caelum?

Abraço, Flávio

Ainda não há definição. A noite foi exatamente para apresentar os vinhos à Importadora Aurora, que vai decidir se deseja importar ou não...

Abraços,
Oscar
Fábio Massad
Consultor de Vendas-Aurora Imp
Rio de Janeiro
RJ
03/03/2010 Prezado Oscar,

Gostaria que retificasse a matéria sobre os vinhos degustados acima. A Aurora Importadora nada tem a ver com a importação destes vinhos. Acredito que houve uma confusão durante as apresentações onde eu também estava como convidado, formador de opinião e degustador. Como já tive uma importadora e trabalhava com vinhos argentinos, me solicitaram ajuda comparativa.

Sou consultor de vendas da Aurora Importadora/Inovini e só trabalho exclusivamente com o portfólio deles (Louis Latour, Laurent Perrier, Nino Franco, Porto Ferreira, Robert Mondavi, Cusumano, Weinert, Beronia, González Byass, Royal Tokaji, Los Vascos-Domaines B.de Rothschild-Lafite entre outros mais).

Agradeço desde já sua retificação.

Um abraço,
Fábio Massad
Paulinho Gomes
Enófilo
Visconde de Mauá
RJ
04/03/2010 Prezado Oscar,

Gostei muito de ter tido a oportunidade de conhecer as novidades trazidas pela consultora internacional Colleen Clayton. Como você mesmo ressaltou, os vinhos da boutique Caelum são delicados e cheio de alegria.

Só teria que fazer uma observação. Estes vinhos estão sendo negociados com a importadora Blumimpex de Blumenau, Santa Catarina.

Abraços
Paulinho Gomes
Presidente da SBAV
EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br