Matérias correlatas
Itália

Jantando como Pavarotti

Vamos combinar que o nome do evento - Italian Showcooking in Brasile - não tem nada a ver: uma mistura de inglês com italiano para um jantar realizado no Rio de Janeiro, onde ainda se fala português. Mas combinemos também que esse foi o único defeito que eu consegui encontrar em uma noite espetacular!

Mas afinal, o que foi esse evento poliglota? Bem, a indústria de alimentos italiana Paganini, em parceria com as importadoras Casa Flora e Porto a Porto, está promovendo uma série de eventos gastronômicos pelo Brasil afora: Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Curitiba. Em cada cidade, o chef Fernando Patano ministra uma aula a estudantes de gastronomia (aqui no Rio foi na Faculdade Estácio de Sá) e, à noite, oferece um jantar a um grupo de felizes convidados.

Fernando é, desde 1992, o responsável pela cozinha do cultuado restaurante Europa 92, localizado em Modena e especializado na gastronomia típica daquela cidade. Um dos sócios do restaurante é Luca Cló, que estava presente no jantar. O outro sócio era ninguém menos do que o grande tenor italiano Luciano Pavarotti. Era sócio e o mais assíduo cliente, o que me fez compreender as proporções exageradas do cantor.

Foi uma festa para o paladar! Os amuse-bouches eram uma delícia, principalmente as pequeninas e delicadas empadinhas de berinjela com mel e gergelim, que despertavam gemidos de prazer entre os presentes. A bonita entrada era uma Torta de queijo de ovelha com creme de ervilhas, saborosa mas que infelizmente estava salgada demais (achei outro defeito...). Acredito que foi devido ao fato de o chef estar usando ingredientes locais e nosso queijo ter uma quantidade de sal inimaginável na Itália.

O Spaghetti com tomate cereja estava perfeito, al dente, equilibrado e, como foi elaborado com alcaparras italianas, com o sal no ponto certo. Uma maravilha! E, finalmente, o Filé mignon com creme de parmesão também estava um chuáááá... Lindo, saboroso e acompanhado de cubos de batata rosti fechou com chave de ouro o meu jantar.

Claro que o fecho foi apenas para mim, pois ainda havia um Torta Mascarpone de sobremesa, mas como de costume eu passei...

Oscar Daudt
O cardápio do chef Fernando Patano
(fotos de Luciana Plaas)
Amuse-bouches Torta de queijo de ovelha com creme de ervilhas e presunto crocante ao azeite de oliva extra-virgem Paganini
Spaguettoni com tomate cereja, alcaparras Paganini, azeitonas pretas com ricota de búfala quente Filé mignon ao creme de parmesão e balsâmico Paganini com batata rosti Torta Marcarpone
Os vinhos
Vesevo Greco di Tufo 2004
Origem: Campania - Itália
Uvas: 100% Greco di Tufo
Álcool: 13%
I Balzini Green Label 2008
Origem: Toscana - Itália
Uvas: 80% Sangiovese, 20% Mammolo
Álcool: 12,5%
Camigliano Brunello di Montalcino 2003
Origem: Toscana - Itália
Uvas: 100% Sangiovese
Álcool: 13%
Poderi del Paradiso Vin Santo 2004
Origem: Toscana - Itália
Uvas: 92% Trebbiano Toscano, 8% Malvasia Lunga
Álcool: 15%
Os participantes
Chef Fernando Patano Luca Cló, sócio do restaurante Europa 92 Stefano Bellei, da Paganini
Jonathan Lauriola, professor de gastronomia da Estácio e chef auxiliar do jantar
Marialice e José Hugo Celidônio, o pioneiro da alta gastronomia carioca Paulo Roberto Corrêa e o tetracampeão Mário Zagallo, da Confraria Enogastronômica Vinho & Vida
Luca e o chef Roland Villard Lucília Farias e Euclides Penedo Borges, da ABS-Rio Cristina Neves, promotora do evento, e Luciana Plaas, crítica de gastronomia
Sylvain Dalle, coordenador do curso de gastronomia de Alain Ducasse, na Estácio de Sá Jornalista Pedro Landim Alexandre Mergener, da Casa Flora, Luiz Romero, do Real Astória, e o consultor de enogastronomia Lauro Carvalho
Luiz Romero, chef Fernando, Luca e sommelier Éder Heck, do Mr. Lam
A sommelière Alessandra Rodrigues Duda Zagari, da Confraria Carioca, Cristina e Alessandra
Comentários
Sem comentários até o momento    
EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br