Matérias relacionadas
Portugal
Viagens

De ponta-cabeça
Logo à entrada, o elegante e moderno restaurante Assinatura já surpreende com uma mesa toda posta, pendurada no teto, de cabeça para baixo. E ela não está ali à toa, não. É a vontade do chef Henrique Mouro de simbolizar que sua cozinha de autor pretende virar de ponta-cabeça a tradicional culinária portuguesa. Os pratos levam o mesmo nome, valorizam as receitas tradicionais, mas sacodem a poeira apresentando releituras lindamente decoradas e introduzindo ingredientes inesperados e alguns - para mim - até totalmente desconhecidos.

Eu já havia recebido boas referências desse restaurante e uma visita ao site TripAdvisor reforçou ainda mais minha vontade de conhecê-lo. Foi a escolha perfeita! Uma noite para guardar na memória - e nas fotos dos belos pratos.

O Assinatura abre para o almoço com preços tentadores: €18 (só o prato principal), €22 (duas etapas) e €26 (entrada, prato principal e sobremesa). Todos com couvert, água e café incluídos. E os vinhos em taça variam de €3,50 a €7,00.

Mas eu preferi visitá-lo à noite para poder experimentar o menu-degustação. Existem 2 fórmulas: a de 5 etapas por €45 e a de 7 etapas por €55. (Como diria Mestre Schiffini: "Alô, alô, restaurantes cariocas!") Para melhor conhecer a assinatura do chef, optei pela fórmula de 7 etapas com vinhos harmonizados (ou cruzados, como eles dizem por lá), o que custa mais €25. Se considerarmos o couvert com 3 deliciosos pães feitos na casa com receitas especiais e um prato de boas-vindas do chef, o total de etapas pula para 9 e o total do jantar com vinhos custa o equivalente a 185 reais por pessoa. Líquido, pois não se paga mais nada, apenas a gorjeta voluntária. De novo: "Alô, alô!"

Foram tantas as etapas que se eu for descrever cada uma delas, essa matéria não termina mais. Mas posso destacar aquelas que mais apreciei. As boas-vindas do chef, Vieiras defumadas com puré de salsifis, eram delicadas, com o fumado discreto e o original puré, que até agora não sei o que é. Pelo Google pude ver que se trata de uma raiz mediterrânea, que salsifis é o nome francês e que em português se chama escorcioneira, o que não ajuda em nada. Não acredito que tenhamos essa planta aqui no Brasil.

Outro momento alto do jantar foi o O nosso caldo-verde que por cá vai andando, com o fumo da cavala, mas que é tão revisitado, tão relido, que é quase impossível identificá-lo, muito embora ele esteja por lá.

O nome de O lavagante suado e pezinhos, bisque e coentrada confesso que me assustou, pois se não gosto de coentro, o que dizer de uma coentrada? Mas era uma magistral combinação de elementos que resultou num dos melhores momentos da noite. Ainda mais que foi cruzado com o Atalaya 2007, um branco do Douro, elaborado com Viosinho, Códega do Larinho, Gouveio e Rabigato. O vinho era tão maravilhosamente mineral, fresco, cítrico que foi um caso de paixão ao primeiro gole. No dia seguinte, fui à Garrafeira Nacional e trouxe 2 garrafas de volta para casa, louco de contente, pois o preço era convidativo: apenas €11,95. Minhas googleadas mostraram que ele ainda não é importado para o Brasil. Uma pena!

O super-macio Polvo assado com espuma de batata-doce e erva-benta foi outro belo momento em que os temperos do molusco constrastavam com a delicadeza da espuma de batata-doce formando um conjunto perfeitamente harmonizado. Ou melhor, cruzado!

E para finalizar, o Cabrito assado com o arroz dos miúdos no forno e grelos, que por si só já era uma delícia, formou um par perfeito com o imponente Quinta do Crasto Vinha da Ponte 2007, um vinho caríssimo, mesmo em Portugal, custando cerca de 150 euros (aqui no Brasil, na wine.com.br, está por 650 reais!), e elaborado com vinhas velhas, tudo junto e misturado, e repousando 20 meses em carvalho francês novo. Show de bola!

O serviço é cadenciado, gentil, informativo e, principalmente, com grande simpatia que faz com que a gente se sinta como um grande amigo da casa, já um frequentador antigo. E para quem quiser, existe a Mesa do Chef, para 15 pessoas, localizada ao lado da cozinha envidraçada, onde se pode interagir com o cozinheiro, admirar a preparação e se deliciar com a mistura de aromas. Além de fazer novas amizades, já que é uma mesa comunitária, do tipo "vai chegando, vai sentando..."

Eu recomendo com ênfase. Se você tiver apenas uma noite em Lisboa, não titubeie e vá conhecer o Assinatura!

Oscar Daudt

Serviço:
Restaurante Assinatura
Rua do Vale Pereiro, 19 (na esquina com a Alexandre Herculano, 51)
1250-270 Lisboa
Metro: Linha Amarela - Estações Rato e Marquês e Linha Azul - Estação Marquês
Telefone: (351)21-386-7696
www.assinatura.com.pt
O jantar
Couvert Vieiras defumadas com puré de salsifis O nosso caldo-verde que por cá vai andando, com o fumo da cavala
As tripas à moda do Assinatura O lavagante suado e pezinhos, bisque e coentrada Polvo assado com espuma de batata-doce e erva-benta
Bacalhau desfiado e gratinado com queijo do Paul, tomate confit Cabrito assado com o arroz dos miúdos no forno e grelos Chocolate, mousse de Moscatel e tangerina
Os vinhos
(fotos de divulgação)
Vertice Gouveio Cuveé Reserva Conde D`Ervideira Antão Vaz Reserva 2009 Atalaya 2007 Quinta do Pinto Viognier 2008
Sidonio de Sousa Baga Reserva 2005 Quinta do Crasto Vinha da Ponte 2007 Dow's Porto Vintage 2007
Os personagens
Chef Henrique Mouro Sommelier David Moita
Comentários
Carlos Eduardo Costa Ribeiro
Médico Cardiologista
Resende
RJ
14/04/2011 Estive em Lisboa para participar do XXXII Congresso Português de Cardiologia, que aconteceu entre os dias 8 e 10 de Abril.

Aceitando a sugestão desta coluna fui conhecer o restaurante Assinatura. Fiquei realmente maravilhado com a qualidade e o esmero dos pratos que me foram servidos e com a cordialidade e o bem tratar por conta de todos naquela casa, em especial o David e o Nelson. Não pude conhecer o chefe pois este se encontrava em um evento, Lisboa Peixe, me parece.

Quanto aos vinhos, cruzados harmoniosamente com os pratos, a estrela da minha noite foi O Pinto Viognier, realmente espetacular.

Gostaria de agradecer a indicação e mandar um grande abraço ao David e o Nelson, pelo esmerado atendimento. Valeu !!!!!!!
Marcelo Carneiro
Advogado e Escritor
Resende
RJ
16/04/2011 Well done, my Friend.
EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br