Matérias relacionadas
Itália
Fratelli

Chef florentino
Mario Tacconi, italiano nascido na belíssima capital da Toscana, Florença, assumiu em 2009 o comando da cozinha dos dois restaurantes Fratelli: o do Leblon e o da Barra. Saudoso de sua terra natal, o chef resgatou receitas tradicionais do centro da Itália e organizou o Festival da Toscana, que fica em cartaz nas duas casas durante todo o inverno.

São muitos tomates, polentas, feijões brancos, cogumelos e embutidos que passam a ocupar a primeira página do cardápio do Fratelli. Se você quiser esquentar suas noites frias - ma non troppo - do inverno carioca, essa é uma excelente dica. Ainda mais se os pratos forem acompanhados dos belos vinhos italianos que a extensa carta da casa nos oferece. É capaz até de você sair cantando Al di lá...

O festival é a la carte e você pode escolher entre as diversas entradas, primeiros e segundos pratos e, para quem gosta, sobremesas. Mas nessa noite, para apresentar o festival à imprensa carioca, Joaquim Moreira e Bernardete Simonelli, proprietários do restaurante, prepararam uma degustação com amostras de 9 dos pratos que estão temporariamente fazendo parte do menu. Haja estômago!

Tomando sopa de garfo
Iniciamos com nada menos do que três sopas. E por mais estranho que possa parecer, as duas primeiras foram servidas com garfo. Também, pudera, são sopas preparadas com pão italiano que lhes confere a textura de purê. Das três, a grande campeã foi a Pappa al pomodoro (27 reais), que encantou a gregos e baianos. Um show de delicadeza, com um leve tempero de manjericão.

A seguir, mais uma surpresa: a polenta branca era, na verdade, negra como as asas da graúna. Seu nome explica tudo: Polenta bramata bianca al nero di seppia com ragu di mare (52 reais), foi um dos grandes momentos da noite. Vale a pena contar que essas 4 entradas foram harmonizadas com uma feliz escolha do sommelier Adriano Alves de Oliveira: era o Argiolas S'elegas Nuragus di Cagliari 2009 (98 reais), um branco que conheci no recente Vini Vinci 2011 e que citei como um dos destaques dessa feira. Acompanhando com comida, então, ele se mostrou ainda mais entusiasmante.

O melhor prato, no entanto, para mim, foi a excepcional Polenta bramata gialla, salsiccia, funghi e crema al tartufo nero (38 reais), uma caprichosa combinação de ingredientes, cujo tempero de trufas negras costurava com precisão. Também recomendo...

Caindo do cipreste
Depois de um buonissimo Fettucine al ragu di cinghiale (65 reais), com a massa preparada pelo próprio chef, o prato seguinte quase me derrubou do cipreste em que eu já havia trepado. O Fagiano in salmi com polenta bramata bianca (faisão marinado por 24 horas e cozido na própria marinada) custa estapafúrdios 140 reais! Meu Deus, acho que nunca vi em minha vida toda um prato assim tão caro! Quem será que vai ter a coragem de pedí-lo?

Ao final, dividi minha sobremesa, um Zuccotto, entre as mocinhas da mesa que, apesar de magrinhas, ainda não haviam ficado satisfeitas depois das 8 etapas da degustação.

Oscar Daudt
O cardápio do festival
Pappa al pomodoro (sopa densa de tomati pelati e manjericão) Ribollita (sopa de verduras com pancetta, ervas e pão italiano) Pasta e fagioli alla Toscana
Polenta bramata bianca al nero di seppia com ragu di mare Salsiccie e fagioli all'ucelleto con polenta alla griglia Polenta bramata gialla, salsiccia, funghi e crema al tartufo nero
Fettucine al ragu di cinghiale Fagiano in salmi com polenta bramata bianca Zuccotto (pão-de-ló recheado com chocolate, chantilly e fruta cristalizada)
Os vinhos
Argiolas S'elegas Nuragus di Cagliari 2009
98 reais
Sangervasio 2006
109 reais
Maculan Brentino 2007
169 reais
M. Chapoutier Banyuls 2004
30 reais/taça
Os anfitriões
Sommelier Adriano Alves de Oliveira
Chef Mario Tacconi Joaquim Moreira e Bernardete Simonelli, do Fratelli
Os convidados
Carol Barros, do jornal Extra Lou Bittencourt, promotora de eventos
A crítica de gastronomia Danusia Barbara Lucia e Carolina Novaes, e Renata Leal, de O Globo
Bruna Talarico, de O Globo, e Maria Vargas, da Documennta Rafael Teixeira, da Veja Rio Elisabeth Accioly e a jornalista Carla Simonelli
Paula Pizzi, da Documennta, e Rachel Almeida, do Jornal do Brasil
Aline Gomes, da Documennta Melina Dalboni, de O Globo
Comentários
Aline Gomes
Jornalista
Rio de Janeiro
RJ
22/06/2011 Oscar, cobertura maravilhosa, como sempre!

Beijos, Aline
Bruna Talarico
Jornalista O Globo
Rio de Janeiro
RJ
22/06/2011 Adorei a delicadeza da sobremesa! :)
Maria Vargas
Documennta
Rio de Janeiro
RJ
22/06/2011 Arrasou com a sua presença e a Mel arrasando no destaque. A foto barrou a Página 2, Oscar!!! Linda! ;c)

Beijocas mil.

Também achei...
Carol Novaes
Documennta
Rio de Janeiro
RJ
22/06/2011 Oscar, melhor cobertura, SEMPRE!!! O dia que eu virar uma magnata das comunicações, o Oscar vai virar meu fotógrafo ultra-exclusivo, fico me achando DEUSA nas fotos dele!!! ADORO, obrigada, meu querido!!!

Bjks, Carol
Sylvia Braconnot
Assessora de imprensa
Rio de Janeiro
RJ
22/06/2011 Poxa, perdi esta noite deliciosa...
Melina Dalboni
Jornalista
Rio de Janeiro
RJ
22/06/2011 O jantar foi uma delícia! E amei a minha foto, Oscar. Muito mais bonita que a da página 2 mesmo.

Bjs
Eduardo Amaral
Enófilo
Rio de Janeiro
RJ
22/06/2011 Grande Oscar.

Pelo excentricidade do faisão, talvez valha. Mas hoje paguei uma conta que listava R$ 128,00 por um prato individual de bacalhau. Importante: em vários restaurantes estrelados, os preços do almoço são mais convidativos. Não por aqui... OK, me disseram que estava muito bom, mas nada mais que uma boa posta do peixe, batatas, cebolas, pimentões e muito azeite, tudo ao forno.

Depois te conto onde encontrar (acho que vc não vai querer comprovar...).

[]s,

Pronto, acabo de descobrir quem será o consumidor do faisão! ;-) Abraços, Oscar
Carol Barros
Jornalista
Rio de Janeiro
RJ
23/06/2011 A noite foi muito agradável: da comida à companhia. Eu também adorei a foto! rs

Seu site já figura em meus favoritos!

Salut!
EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br