Matérias relacionadas
Restaurantes e bares

Nas ondas do mar
Em pleno Baixo Copacabana, em meio aos agitados templos do chopp despersonalizado - Informal, Devassa, Belmonte - surgiu recentemente um oásis para os enófilos: o Zot. A nova casa abriu, discretamente, há duas semanas, sem divulgação, tendo em vista que ela ainda se considera em funcionamento experimental (ou, falando claro, soft opening). Tanto assim que, no Google, a única página que tem conhecimento de sua existência é o Facebook.

O Zot fica na Bolívar, 21 - como dizem as imobiliárias - na quadríssima da praia, quase em frente à Domingos Ferreira. Seu estranho nome significa muito pouco: apenas a marca de uma cerveja belga e, por mais que eu me esforce, não dá para dizer que é a escolha mais adequada para um bar de vinhos. Não por causa do nome em si, que é original, simpático e até onomatopaico. Mas pela explicação. É melhor não explicar nada...

Assim que soube da novidade, estive lá para experimentar. E fiquei fã... A casa é belíssima, com um projeto de decoração moderno, agradável, descolado, cheio de ondas que homenageiam o vizinho mar de Copacabana. Um espetáculo de bom gosto!

Mas se há um defeito por lá é o tamanho das mesas, minúsculas, que exigem um constante trabalho de rearrumação a cada coisa trazida pelo garçom. Isso, no entanto, foi uma escolha dos proprietários para não passar aquela impressão de amontoamento tão comum nas casas cariocas. Entretanto, houve um certo exagero: 5cm a mais em cada mesa, que fosse, não comprometeria o espaço e a privacidade e ofereceria uma muito melhor margem de manobra para os clientes.

A escolha certa
Márcio Martins foi um dos primeiros assinantes do EnoEventos e eu já o conhecia pessoalmente dessas degustações da vida. Sabia que era um enófilo praticante. Mas foi uma agradável surpresa, ao chegar ao Zot, tomar conhecimento de que ele havia rompido a linha que separa o amador do profissional e agora presenteia-nos - junto com sua mulher Andrea - com a charmosa casa. Vamos combinar que é o sonho de todo o apreciador de vinhos!

Em uma jogada de mestre, Márcio contratou a eco-chef Ciça Roxo para assinar o cardápio de comidinhas do novo bar. Não poderia haver melhor escolha! Os pratos que experimentamos são primorosos, magistralmente elaborados, apresentados com esmero e, principalmente, deliciosos! Tudo com muita elegância e delicadeza, na medida certa para acompanhar um bom vinho, sem tentar se sobrepor a ele. Um viva para Ciça!

Dos quitutes que pedimos, chamo a atenção para as Bombas de Camarão, crocantes até não poder mais; o Cuzcuz de Farinha d'Água de Bragança e Camarão, um verdadeiro espetáculo de leveza; e a Brandade de Bacalhau e Baroa com Tapenade, aveludada e temperada na medida certa. Não provei o Carpaccio de Pupunha com Fitas de Abobrinha, Queijo Grana e Ervas, mas quem o fez ficou soltando gemidos de satisfação. E, ao final, para prolongar a agradável noite, ainda pedimos uma Degustação de Queijos de Cabra da Fazenda Genève, sempre uma garantia de qualidade.

Preços honestos
A carta oferece 10 espumantes (9 brasileiros e 1 Champagne), 10 brancos (2 brasileiros), 1 rosé nacional e 22 tintos (2 brasileiros). Os preços que pude comparar são bastante honestos, equivalentes aos das mais baratas cartas que analisamos recentemente. Há coisas bem interessantes por lá, até mesmo de pequenas vinícolas, como a Dom Guerino e a Maximo Boschi, e importados da Vinci, da Decanter e da Confraria Carioca.

Em taça, as opções são anunciadas em um quadro-negro e naquele dia havia 2 espumantes, 1 branco, 1 rosé e 4 tintos. De imediato, chamou-nos a atenção os preços mais elevados do que o usual. Mas Márcio correu a explicar que o que ele chama de taça, na verdade, são garrafinhas de 187ml (em contraste com os usuais 150ml das outras casas), abertas na frente do cliente, para que este fique tranquilo em relação às condições do vinho. Mas é claro que essas garrafinhas são relativamente mais caras do que as de 750ml e isso se reflete no preço. Porém, como a casa ainda está em período de adaptação, assim que conseguirem ganhar experiência nos hábitos de consumo dos frequentadores, pode ser que o processo seja alterado e as taças passem a ter a preços mais tentadores.

Oscar Daudt
17/03/2012


Serviço:
Zot
Rua Bolívar, 21 - Copacabana
Tel: (21)3489-4363
Horário
Terça a quinta: 18-24h
Sexta e sábado: 18-01h
Domingo: 12-24h
A casa ainda não faz reservas e ainda não tem manobrista
As eco-comidinhas de Ciça Roxo
Carpaccio de pupunha com fitas de abobrinha, queijo Grana e ervas Bombas de camarão Cuzcuz de farinha d'água e camarão
Brandade de bacalhau e baroa com tapenade Frango orgânico ao açafrão da terra, creme de aipim e verde da estação Barreado com purê de mandioca, farofa amarela e molho de pimenta
Degustação de queijos de cabra da Fazenda Genève Se você tiver a sorte de conversar com a chef Ciça Roxo, peça para ela contar a interessante história do Paneiro e da Farinha d'Água de Bragança
A equipe
Andrea e Márcio Martins, os proprietários Joca Mesquita e Ciça Roxo, da Aguce Gastronomia, assinam o cardápio
A casa
A fachada O balcão O piso de ladrilhos hidráulicos
O cardápio
As entradas Crocâncias e panelinhas Sanduíches e sobremesas
A carta de vinhos
Espumantes e brancos Tintos e fortificados Os vinhos em taça são, na verdade, uma garrafinha de 187ml
Vinhos em taça (espumantes e brancos) Vinhos em taça (tintos)
Comentários
Antonio Landeira
Enófilo
Rio de Janeiro
RJ
17/03/2012 Tive a grande satisfação de conhecer este novo bar que me lembrou bem o ambiente espanhol, onde ir de pequenas porções (tapas) acompanhadas de vinho faz parte do dia a dia. Realmente um lugar aconchegante.

Por coincidencia encontrei Oscar por lá, o que nos proporcionou uma excelente companhia. Como sempre, Oscar eficiente na rapidez e qualidade na matéria.

Grande abraço!
Ciça Roxo
Chef de cozinha
Rio de Janeiro
RJ
18/03/2012 Oscar, foi um prazer e uma honra para mim e para Joca recebê-los no Zot e poder compartilhar as histórias da origem dos nossos pratos.

Beijos
Cláudio Martins e família
Vitória
ES
18/03/2012 Gostamos muito do que vimos no EnoEventos. Estaremos ao vivo aí na Semana Santa.

Grande abraço e sucesso.
Abalen Abirached
Engenheiro
Rio de Janeiro
RJ
18/03/2012 Para mim foi a melhor surpresa do ano. Local maravilhoso, cardápio irretocável, vinhos de primeira linha e a simpatia da Andréia e do Marcio pilotando sua linda criação... Se melhor, estragava...

Parabéns e sucesso!!
Eliane Martins
Advogada
São Paulo
SP
18/03/2012 O lugar parece muito agradável e as comidinhas maravilhosas! Na minha próxima visita ao Rio, o Zot será parada obrigatória :)
Marcelo Nunes Cardoso
Advogado
Rio de Janeiro
RJ
19/03/2012 Realmente, o RJ precisava de uma opção como esta, em ambiente descontraído, mas sofisticado e calmo. A comida é deliciosa e a carta de vinhos bem selecionada e com preços justos.

Boa pedida para namorar e/ou sair do circuito badalação+chopp+fritas.

Abraços.
Patricia Wigg
Arquiteta
Rio de Janeiro
RJ
19/03/2012 Perfeito!! O local é super aconchegante e os proprietários super anfitriões!

P.S: Vale experimentar um pouco de tudo, principalmente o brandade de bacalhau e baroa com tapenade!
Marcelo Prudente
Enófilo
Rio de Janeiro
RJ
19/03/2012 Tive a grande satisfação de conhecer a casa e adorei. A Andrea e o Márcio são de uma simpatia singular e, além de um ambiente muito agradável, conciliaram um cardápio primoroso com uma bela carta de vinhos a preços mais que honestos.

Sucesso para eles.
Iris Coelho Martins Pedreira
Médica
Rio de Janeiro
RJ
19/03/2012 Ô lugar surpreente! Muito aconchegante, com cardápio maravilhoso, e tudo feito no detalhe e capricho. Parabéns!

Bjs,
Iris
Márcio Martins
ZOT Gastrobar
Rio de Janeiro
RJ
19/03/2012 Em nome do ZOT quero agradecer a todos pelas palavras carinhosas.

Parabéns ao Oscar pelo belo trabalho que vem realizando no EnoEventos.

Aproveito para informar que na próxima semana receberemos uma máquina winekeeper, para vinhos em taça.

Abraços
Luiz Fernando Pereira
Auditor Fiscal
Rio de Janeiro
RJ
20/03/2012 Eu diria que as Comidinhas do maravilhoso Cardápio realmente não se sobrepõe aos bons vinhos da Carta mas convivem em igualdade de condições e em perfeita harmonia neste excelente Winebar!

Parabéns ao casal Márcio e Andrea pelo excelente ZOT!
Lilian Boden
Consultora de vinhos
Rio de Janeiro
RJ
20/03/2012 O ZOT é uma graça; muito bem colocada sua opinião neste caso, Oscar, tem tudo para ser uma casa de sucesso. Estilo, bom preço, qualidade e serviço.

Parabens, Marcio. Enoabraços.
Duda Zagari
Confraria Carioca
Rio de Janeiro
RJ
21/03/2012 Muito bom! A dupla Márcio e Ciça está de parabéns!

PS: Muda a foto do Márcio... coloca uma de olho aberto... hehehe
Marcio Lobianco
Advogado
Rio de Janeiro
RJ
22/03/2012 Tenho acompanhado há tempos a dedicação do Marcio e da Andrea ao projeto. A quem não conhece a casa, posso dizer que todas as opções da carta - desde o aperitivo até o cafezinho (de jacu) - são deliciosas, sendo obrigatório voltar para provar aquilo que o tempo - ou o estômago - não permitiu.

Destaco, em especial, a tábua de queijos de cabra (bela entrada para um casal), a brandade de bacalhau, o cuscuz de farinha d´água e o bolinho prestigioso. Nessa ordem.

Quanto aos vinhos, a proposta do Márcio - aliás bastante original - é tirar "o terno e a gravata" da bebida. Desse modo, há variedades de vinho bastante acessíveis para harmonizar com o seu pedido.

Quem não foi ainda, não pode perder.
José Flávio Gioia
Cozinhando com Gioia
Rio de Janeiro
RJ
23/03/2012 Após um fim de domingo cultural no Espaço Reserva+, no Arpoador, onde assisti à emocionante peça "De Repente", não tinha melhor opção que fechar a noite no Zot, o gastrobar de "algumas" mesas pequenas, mas de "muitas" surpresas grandes.

Junto com meu filho, faminto, após um dia de muito trabalho (apesar de domingo, pois o pessoal do meio artístico, trabalha na contra-mão de nós mortais), degustamos as entradinhas de berinjela e salmão, essa última, DIVINA!!! Passamos às porções de brandade de bacalhau e cuzcuz com camarão. Para fechar, o belíssimo assortment de queijos do Capril Genève, tudo isso acopanhado da deliciosa focaccia e regado a espumante rosé.

Nota DEZ ao simpático casal Andrea e Márcio que nos contaram da odisseia para a abertura desse Gastrobar. Parabéns.
Andréa Svaiter Martins
ZOT
Rio de Janeiro
RJ
25/03/2012 Muito obrigada a todos por manifestar aqui seu apreço pela nossa ("nossa" incluindo vocês) casa. Todos os dias ouvimos críticas favoráveis, elogios, mas por escrito é ainda mais gostoso!

Oscar, eu já sabia que vc é um connoisseur, sabia que escreve muito bem, sabia que onde vai só faz amigos... Mas fotógrafo de primeira linha, foi uma grande surpresa. Valeu!

Bjos
Pedro Esteves
Enófilo
Rio de Janeiro
RJ
31/03/2012 Prezados;

Fico muito feliz com o surgimento de um wine bar em Copacabana, falta aqui bons lugares para se beber vinho. Queria relatar, no entanto, a decepcionante primeira visita ao Zot:

Fui com minha namorada na sexta feira dia 29/03, entrei e me sentei ao lado dela. Ótimo ambiente, bonito e simpático. Porém, foi ai que acabaram as boas coisas. Primeiro, a carta de vinho é MUITO pequena, ainda maisn para um WINE BAR, mas para um começo, tudo bem.

Segundo, notei alguns vinhos BRANCOS de 2009 (bem, se o vinho for feito para durar mais de 3 anos, está ótimo, o que não parecia o caso).

Terceiro, perguntei ao garçom se podia chamar o sommelier da casa, ele disse que ia ver, e logo depois voltou se oferecendo para falar sobre os vinhos. Nesse ponto, pensei, que legal eles treinam os gerações para falar dos vinhos, ledo engano. O garçom nada entendia de vinho, apesar de por uma pose e falar asneira atrás de asneira, coitado alguém o instruiu a isso (suponho eu).

A minha pergunta, para esclarecer foi - esse vinho “Fox Creek Chardonnay” 2009 ainda está bom? O coitado me respondeu que era uma safra nova, assim como a 2008. MEU DEUS, quem instruiu isso a eles? Bem, confiando no estabelecimento, aqui elogiado (consultei antes aqui, um lugar que confio), pedi o vinho. RESULTADO DA OPERETA, o vinho já apresentava uma coloração amarelo palha (que denota já ter passado), o odor de mel já era forte no nariz e a acidez do vinho já estava sumindo (não consegui tomar nem meia garrafa dele). O PIOR, quando pedi que o garçom provasse ele disse que o vinho estava bom.

Pergunto então, um WINE BAR deve começar enganando seus clientes, apostando que eles nada entendem de vinho e por isso posso botar em minha carta vinhos passados? Dessa forma, só perde a formação da cultura do vinho.

Só queria comentar com pura honestidade sobre esse estabelecimento que vem possibilitar a degustação de vinhos no Rio, o que é maravilhoso. Porém, vem da mesma forma, oferecer não o melhor para a Cultura do Vinho. Quero muito voltar ao estabelecimento e ter uma opinião contraria, mas não acredito ser possível com, de inicio, havendo falta de respeito na carta de vinhos.

Sinceramente,
Pedro Esteves
Nelson de Sá Rebello
Engenheiro
Rio de Janeiro
RJ
10/04/2012 Eu e minha mulher consideramos o ZOT excelente. Voltaremos muitas vezes.

Gostaria de acrescentar que é um absurdo perguntar ao garçon: "Este vinho de 2009 ainda está bom?" É uma pergunta inepta. A resposta só poderá ser: "O vinho está bom." Os respnsáveis pelo estabelecimento não colocariam a venda um produto que soubessem estar impróprio para o consumo. Se o cliente realmente conhecesse vinhos, teria recusado com firmeza o que lhe estava sendo oferecido. Nem mesmo deveria permitir que, em virtude de sua coloração, tivesse sido aberto.

Acidentes ocorrem. Para contorná-los é que existe a prova antes do consumo. Falar de cor de palha, odor de mel e acidez e aceitar o vinho foi um erro.

Nelson
Fabio Zambitte
Rio de Janeiro
RJ
10/04/2012 Considero o Zot um dos melhores enobares do Rio e, certamente, o melhor em Copacabana. O cardápio é excelente e a carta tem qualidade e preço, combinação rara na cidade, como sabemos.

É altamente recomendado!
Claudio Martins e familia
Vitória
ES
10/04/2012 Conhecemos o ZOT no feriado da Páscoa e adoramos, excelentes vinhos, comidinhas primorosas e linda decoração.

Que show, ao Marcio e Andrea, abraços e beijos.
Gabriel e Renata Bertino
Enófilos
Rio de Janeiro
RJ
01/07/2012 Fomos ontem à noite ao Zot e foi tudo ótimo. Desde o atendimento até a degustação de queijos de cabra... Vale aqui um conselho de como ocorre em alguns restaurantes... Faltou uma breve explicação do garçom sobre o prato...

No mais estava tudo ótimo! Parabéns e boa sorte! Que a casa tenha muito sucesso, pois merece...

Abraços
Gabriel e Renata
Pierre Aragão Pontes
Advogado
Rio de Janeiro
RJ
01/10/2012 Tenho muito respeito pelos empreendedores. Movimentam a economia e geram empregos.

Mas, estive neste local, sábado passado, e constatei uma carta de vinho pequena e extremamente cara. Mesas pequenas e ambiente impessoal. Conclusão! Caro que não valeu. Torço, sinceramente, que os proprietários avaliem a situação e não se deixem levar pelo oba-oba da situação. Obrigado!
Rafael Thomaz
Advogado
Rio de Janeiro
RJ
24/11/2012 Uma grande decepção. Uma carta com 2 vinhos Argentinos tintos, 5 brasileiros e 5 italianos caríssimos. As opções em taça eram as mesmas que havia em garrafa. A comida estava terrível. Os queijos de cabra não tinham gosto de nada, o nhoque estava frio e sem sal.

Cobra-se 17,00 por um cachorro-quente e 18,00 por uma cerveja de trigo que vem num copo de Pilsen.

Levei alguns amigos e fiquei com vergonha.
Luiza Angelina
Advogada
Rio de Janeiro
RJ
29/11/2012 Fomos ao Zot no ultimo fim de semana, um grupo de 6 pessoas. Ambiente super agradável, garçons atenciosos e comidinhas de tirar o chapéu.

Abrimos com uma tábua de antepastos, apresentação show, tinha queijo de cabra e parmesão, presunto cru e beringela. Depois comi um nhoque de baroa divino, tinha uma crocância que parecia pão triturado.

Na mesa chegaram risotos e um prato de carne chamado barreado. Bebemos um espumante Rosé italiano muito bom. Nao avançamos para as sobremesas, mas voltaremos para conferir.

Copacabana precisava de lugar como o Zot.
Paulo C. Vilarino
Enófilo - BNDES
Rio de Janeiro
RJ
29/11/2012 Frequento o Zot há vários meses. Não há um amigo que eu tenha levado que não se torne cliente, sempre harmonizando com os ótimos queijos do capril Genève e agora, aproveitando os deliciosos risotos.

Parabéns ao casal que teve CORAGEM de investir toda essa qualidade em Copacabana. Para o nosso bem, enófilos e gourmets, longa vida ao Zot!
EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br