Muita tradição
Desde criança, foi minha avó que me fez conhecer o vinho. Ela me dizia que "para a saúde e para um bom coração, é importante tomar uma taça por dia". E com isso, já estava definido que um dia eu viria a trabalhar na área de vinho.

A Eslovênia se localiza entre a Itália, a Áustria, a Hungria e a Croácia. Fez parte do Império Austro-Húngaro e, a partir de 1918, tornou-se parte da antiga Iugoslávia. Em 1991, conquistou a sua independência e hoje comemora 21 anos. Desde 2004 integra a Comunidade Europeia.

Somos um país recente, mas com uma história muito longa e interessante, e produzimos vinhos há mais de 2.500 anos. Há cerca de 24 mil hectares de vinhedos registrados e uma grande quantidade de vinícolas de alta qualidade. Foram as tribos Celtas e Ilírias que trouxeram o vinho para a região, antes mesmo de os Romanos a ocuparem. Atualmente, o vinho esloveno está entre os melhores do mundo.

Até mesmo o hino nacional, chamado "Um brinde", celebra nossa ligação com a bebida:

"Amigos! As vinhas
nos frutificaram o doce vinho,
que nos reaviva as veias
e nos limpa o coração e os olhos
e apaga
todas as preocupações
renovando a esperança no peito exausto!"


As divisões vinícolas
A Eslovênia produz 20 variedades de vinho branco e 12 de vinho tinto e está dividida em 3 regiões vinícolas, organizadas em 14 distritos vinícolas, cada um deles com as características distintas.

O vinho se constitui em uma das principais atrações turísticas da Eslovênia, com cerca de 20 "Estradas do Vinho" e caves espalhadas por diversas cidades.

Primorska
Está localizada na zona sudoeste do país e é famosa por seus vinhos tintos e pelos vinhos brancos especiais. É também conhecida como Primorje, que significa "ao lado do mar".

É nessa região que está concentrado o maior número de grandes produtores e os tintos e brancos têm igual importância. As variedades mais cultivadas são as tintas Merlot, Refošk (Refosco) e Cabernet e as brancas Rebula (Ribolla), Malvazija (Malvasia), Sivi Pinot (Pinot Gris), Chardonnay e Furlanski Tokaj (Friulano).

Divide-se em 4 áreas:

  • Brda: também chamada Goriška Brda, é uma continuação das famosas Collio italianas, rodeadas de vinhedos;
  • Vipava: este vale é ideal para os vinhos brancos;
  • Kras (ou Krast): há uma linhagem singular de Refošk plantada no rico solo de terra roxa que origina o renomado Teran;
  • Koper (ou Capodistria): a cepa Refošk é a mais importante em Koper e produz um vinho vivaz com sabor de framboesa.

    Posavje
    Localizada na zona leste/sudeste, é também conhecida como Posavska e seu nome significa "ao lado do rio Sava". É a região mais a sudeste e a menos conhecida fora da Eslovênia. As variedades mais cultivadas são as tintas Modra Frankinja (Blaufränkisch), Žametovka e Modri Pinot e as brancas Laški Rizling, Šipon (Furmint), Chardonnay, Rumeni Muškat (Moscatel) e Modra Portugalka (Portugieser).

    Os vinhos de corte são o forte da região, mas os "ice wines" de Laški Rizling também são apreciados. As 3 áreas de cultivo são:

  • Bizeljsko: aqui são cultivadas Beli Pinot, Chardonnay, Laški Rizling, e Sauvignon, e a especialidade é o espumante fermentado na garrafa;
  • Dolenjska: o famoso vinho Cvicek é típico dessa área, um corte tradicionalmente fresco, leve e ácido de 4 cepas (2 tintas - Žametovka e Modri Pinot - e 2 brancas);
  • Bela Krajina: é conhecida pelo Metliška Crnina, corte que inclui Frankinja e Zametovka.

    Podravje
    Situada no nordeste do país, seu nome quer dizer "ao lado do rio Drava". Localizada no sopé dos Alpes, ao lado da Áustria, é a maior região vitivinícola e o clima frio beneficia sobretudo os brancos aromáticos de acidez viva. As castas principais são as tintas Žametovka, Modra Frankinja (Blaufränkisch) e Modri Pinot e as brancas Laški Rizling, Renski Rizling (Riesling Renano), Sivi Pinot, Beli Pinot e Šipon (Furmint).

    Dentre outras áreas, divide-se em:

  • Maribor: é o melhor distrito para os brancos, principalmente o Renski Riesling, e é famosa por possuir a vinha mais antiga da Europa, uma Žametovka de 400 anos (foto à direita);
  • Ljutomer-Ormož: talvez seja o mais famoso dos 7 distritos vinícolas;
  • Jeruzalem: suas colinas originam brancos secos muito bons de Beli e Sivi Pinot, além de Sipon e Laski Rizling e vinhos doces nobres, de colheita tardia e ice wine;
  • Haloze: produz Pinot, Renski Rizling e Traminec frescos.

    Mateja Perovsek
    Mateja é eslovena, casada, mora no Rio de Janeiro há 7 anos, formada em design gráfico, representante da Importadora Decanter e praticante de Beach Tennis e Kite Surf
    29/11/2012
  • Nota do editor
    País pequeno e pouco conhecido dos consumidores brasileiros, não são muitos os rótulos de vinhos eslovenos que podem ser encontrados em nosso mercado.

    A Importadora Decanter (www.decanter.com.br) possui 7 vinhos em catálogo, todos eles do produtor Simcic:

  • Sivi Pinot Branco 2009, R$89,70
  • Rebula Branco 2009, R$89,70
  • Sauvignon Blanc Selekcija 2008, R$124,20
  • Teodor Belo Selekcija Branco 2008, R$136,85
  • Rebula Opoka Branco 2007, R$270,25
  • Pinot Noir Selekcija 2008, R$184,00
  • Teodor Rdece Selekcija Tinto 2006, R$270,25

    Já a Importadora Winelands (www.winelands.com.br) conta com 5 rótulos eslovenos. São eles:

  • Peneca Rebula Espumante Brut 2010, R$69,00
  • Bagueri Chardonnay 2008, R$79,50
  • Quercus Rosé 2010, R$56,60
  • Bagueri Merlot 2007, R$88,00
  • Quercus Merlot 2009, R$64,90

    Oscar Daudt
  • Comentários
    Antonio Carlos Ferreira Lopes
    Administrador
    Rio de Janeiro
    RJ
    29/11/2012 Oscar,

    Que aula! Parabéns à Mateja Perovsek pelo belíssimo artigo, nos proporcionando conhecer de uma maneira bem objetiva os vinhos desse belíssimo país.
    Felipe
    Engenheiro e enófilo
    Rio de Janeiro
    RJ
    30/11/2012 Um belo país, e belos também os seus vinhos. Parabéns à Mateja Perovsek e a todos os produtores eslovenos.

    Tudo que bebi até hoje do país (Simcic, Movia, Bagueri, Scurek) é de muito boa qualidade. Experiência obrigatória para quem gosta de vinhos brancos.
    Adrienne Diniz
    Empresária
    Rio de Janeiro
    RJ
    30/11/2012 Parabéns, Mateja, sua matéria ficou muito interessante. Esclarecedora e muito bem escrita.

    Já experimentei um vinho Esloveno e adorei, agora espero provar outros!
    EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - [email protected]