Matérias relacionadas
Restaurantes

DNA oriental
Nas veias de Marcos Sodré devem correr algumas gotas de sangue asiático, pois a maestria com que ele mistura temperos exóticos para obter pratos surpreendentes, deliciosos e com uma cornucópia de sabores e aromas é inigualável entre os demais restaurantes cariocas. Deixa estar que nem os tailandeses devem conseguir fazer igual...

Esta semana, fui convidado a conhecer o cardápio do Festival Sri Lanka que está no ar nas duas casas cariocas até o dia 14 de abril. Portanto, quem quiser aproveitar, deve correr. Quem perder, no entanto, ainda tem a possibilidade de viajar até Búzios, para onde o festival se transfere nos dias 19, 20, 26 e 27. É longe, mas vale a pena.

O Sri Lanka é aquela ilha localizada na pontinha sul da Índia e que, até algum tempo atrás, antes de ser rebatizada, era conhecida pelo nome mais facilmente pronunciável de Ceilão. E foi de lá que Marcos, com a ajuda de seu filho Thiago, foi buscar a inspiração para seu mais novo festival gastronômico.

O cardápio é de preço fixo (120 reais por pessoa) e o cliente deve escolher apenas o prato principal, dentre 3 condimentadas opções:

  • Curry negro de peixe com quiabo grelhado e tomate cereja
  • Chicken Massala com castanhas de caju
  • Curry de cordeiro com grão de bico

    O serviço é socializado e, por exemplo, um casal pedindo dois pratos, vai compartilhar os sabores, que chegam em tigelas ao alcance de todos. Com isso, como éramos 4 convidados, tivemos a alegria de poder provar as 3 alternativas, ricamente temperadas. Em suma, o bom mesmo é ir em um grupo de pelo menos 3 pessoas e provar de tudo.

    Eu nem hesitei em escolher o prato de frango como a mais deliciosa experiência dos três. Com um molho cremoso, condimentado na medida, deixando duradouras alegrias nas papilas, foi o meu grande campeão. E, ao final, nem me avexei em ficar raspando o prato com o pão para aproveitar as últimas gotas.

    Mas como gosto é sempre pessoal, meus companheiros de mesa preferiram o cordeiro, com grãos de bico a contrastar com a textura dentro de um molho riquíssimo. Era uma delícia e vinha decorado com paus de canela, exibindo-se como o tempero-alfa.

    Festa completa
    Incluído no preço, chegam um "welcome drink", 7 acompanhamentos e 1 sobremesa. O drink de boas-vindas, na verdade, é para ser consumido ao longo da refeição e é uma mistura de suco de manga com iogurte, não alcoólico, que é um costume cingalês para limpar a boca entre os pratos.

    Os 7 acompanhamentos não são meros coadjuvantes, como se poderia imaginar, mas são quase a essência do festival. Marcantes, variados, improváveis, permitem que a cada vez você possa compor uma combinação diferente, transfigurando o prato principal em múltiplas versões. É uma gastronomia divertida!

    E para quem conseguir chegar até o final, ainda tem a sobremesa, que é um belo exemplo de misturas inimagináveis. Eu não provei, como de costume, mas meus companheiros vibraram com alquimia da panacotta acompanhada por abacaxi perfumado, capim santo e limão kaffir, uma fruta típica da Indochina e largamente utilizada na culinária local.

    Oscar Daudt
    11/04/2013
  • O Festival Sri Lanka
    Boas vindas: Mango Lassi Curry negro de peixe com quiabo grelhado e tomate cereja Chicken Massala com castanhas de caju
    Curry de cordeiro com grão de bico Salada de taioba com chili, limão e coco fresco Batatas douradas com feno-grego e hortelã
    Berinjelas grelhadas com castanhas e semente de mostarda Chutney de abacaxi Sambal de coco fresco
    Chapatis de farinha integral Panacotta de limão ao molho de abacaxi perfumado com kaffir e capim santo A carta do festival
    Vinhos sugeridos
    Domaine Barmès Buecher Herrenweg Riesling 2009
    Região: Alsácia
    Preço: R$130
    Schloss Vollrads Riesling 2010
    Região: Rheingau
    Preço: R$110
    Comentários
    Sem comentários até o momento    
    EnoEventos - Oscar Daudt - (21)9636-8643 - odaudt@enoeventos.com.br